Aguarde. Carregando informações.

Madalena Sofia On-line

ACESSO ÀS NOTAS, INFORMATIVOS E BOLETOS.

Aplicativo Madalena Sofia

Conteúdo do aplicativo também no seu desktop.

Ginástica Rítmica

ELEGÂNCIA E BELEZA NOS MOVIMENTOS

A Ginástica Rítmica começou a ser praticada desde o final da Primeira Guerra Mundial, mas não possuía regras especificas nem um nome determinado. Várias escolas inovavam os exercícios tradicionais da Ginástica Artística, misturando-os com música. Em 1946, na Rússia, surge o termo “rítmica”, devido à utilização da música e da dança durante a execução de movimentos.

Em 1961, alguns paises do leste Europeu organizam o primeiro campeonato internacional da modalidade. No ano seguinte, a Federação Internacional de Ginástica (FIG) reconheceu a GRD com um esporte. A partir de 1963 começaram a ser realizados os primeiros campeonatos mundiais promovidos pela FIG. A maior parte dos aparelhos utilizados atualmente foram introduzidos nesta competição, com a exceção da fita e das maças.

Brasil na Ginástica Rítmica

A Ginástica Rítmica foi introduzida no Brasil pela prof. Ilona Peuker, da Hungria, que chegou na Cidade do Rio de Janeiro na década de 1950, quando ministrou vários cursos para profissionais da educação.

Com a criação da Confederação Brasileira de Ginástica, no ano de 1978, esta modalidade começou a evoluir devido ao apoio recebido, resultando na classificação de ginastas para disputarem Jogos Olímpicos.

Aparelhos: Corda: o aparelho Corda para GR pode ser de sisal ou sintético, com o comprimento variando de acordo com o tamanho da ginasta. O exercício corporal predominante no aparelho corda é o salto.

Arco: o aparelho Arco para GR mede 80 a 90 cm de diâmetro e pesa no mínimo 300 gms. Não existe um exercício corporal predominante para o aparelho Arco. Deve haver um equilíbrio entre os exercícios apresentados: salto, equilíbrio, pivots, flexibilidade e ondas.

Bola: o aparelho Bola para a GR deve ter de 18 a 20 cm de diâmetro externo, pesar 400 gms no mínimo e ser de borracha. O exercício corporal predominante do aparelho Bola é a flexibilidade e ondas.

Maças: o aparelho Maças é composto de duas maças de 40 a 50 cm e ter 150 gms, no mínimo, cada uma. O exercício corporal predominante do aparelho maças é o equilíbrio.

Fita: o aparelho Fita para a GR deve ter 6 metros no mínimo e pesar 35 gramas. O exercício corporal predominante no aparelho Fita é o pivot. No Madalena Sofia a Ginástica Rítmica tem como professoras Diana Pituba e Adélia Maria.

Fonte: Adaptação de textos encontrados em www.cob.org.br

Voleibol

REBATENDO NO AR

O esporte surgiu no fim do século XIX, em Massachusetts (EUA), pelas mãos de William Morgan, diretor de Educação Física da sede local da Associação Cristã de Moços (ACM). Ele queria inovar a grade curricular e chegou a pensar em ensinar o basquete, criado quatro anos antes, em 1891.

Em 1900, o esporte chegou ao Canadá, sendo desenvolvido em diversos países: China, Japão (1908), Filipinas (1910), México, entre outros países. Na América do Sul, o primeiro país a conhecer o esporte foi o Peru, em 1910, graças a uma missão estrangeira que buscava aprimorar a educação primária do país.

O voleibol é a modalidade mais antiga praticada no Madalena Sofia e já revelou grandes nomes para as seleções alagoanas, além de ter obtidos grandes títulos estaduais. Atualmente as equipes da modalidade são comandadas pelo Professor José Luiz Moura e a Escolinha é dirigida pelo ex-aluno Breno Pimentel.

Futsal

O FUTEBOL CHEGOU ÀS QUADRAS

O futebol de salão tem duas versões sobre o seu surgimento, e, tal como em outras modalidades desportivas, há divergências quanto a sua invenção. Há uma versão que o futebol de salão começou a ser jogado por volta de 1940 por frequentadores da Associação Cristã de Moços, em São Paulo (SP), pois havia uma grande dificuldade em encontrar campos de futebol livres para poderem jogar e então começaram a jogar suas “peladas” nas quadras de basquete e hóquei. No início, jogavam-se com cinco, seis ou sete jogadores em cada equipe, mas logo definiram o número de cinco jogadores para cada equipe. As bolas usadas eram de serragem, crina vegetal, ou de cortiça granulada, mas apresentavam o problema de saltarem muito e freqüentemente saiam da quadra de jogo, então tiveram seu tamanho diminuído e seu peso aumentado, por este fato o futebol de salão foi chamado de “Esporte da bola pesada“.

Há também a versão, tida como a mais provável, de que o futebol de salão foi inventado em 1934 na Associação Cristã de Moços de Montevidéu, Uruguai, pelo professor Juan Carlos Ceriani, que chamou este novo esporte de “Indoor-foot-ball“.

Em 1985 a FIFA passou a se interessar pelo Futsal, assumindo a responsabilidade pela difusão e organização da modalidade. A partir de 1992 as Copas do Mundo de Futsal da Fifa passaram a ser realizadas de quatro em quatro anos, seguindo o mesmo modelo adotado para o futebol. O domínio brasileiro na modalidade é latente e além de várias Copas do Mundo, têm conquistado diversos títulos internacionais.

Em nosso colégio, o Futsal tem como Professor Oscar Araújo e já conquistou inúmeros títulos alagoanos, além do título de campeão no Intercâmbio Damas realizado em 2012, em Maceió.

Judô

MUITAS VEZES É PRECISO CEDER PARA VENCER

Criado há mais de 120 anos, o judô é um esporte em constante evolução. As técnicas básicas existem desde a criação do Instituto Kodokan, por Jigoro Kano, em 1882. Mais do que criar uma luta, o mestre Kano buscou desenvolver uma arte marcial em que a evolução técnica do praticante fosse sempre acompanhada de um avanço espiritual, norteado pelo ensinamento oriental que diz: “muitas vezes é preciso ceder para vencer”.

Apesar das diferentes técnicas desenvolvidas nas muitas Escolas de judô que surgiram desde o início do século XX, objetivo básico do esporte sempre foi mantido: combater e finalizar o adversário ou desequilibrá-lo, fazendo com que ele caia totalmente com as costas no chão.

Em nosso colégio, o Judô é ministrado pelo Prof. José Edson.

Handebol

CITADO POR HOMERO, ORGANIZADO POR ALEMÃES

O jogo de “Urânia” praticado na Grécia Antiga, com uma bola do tamanho de uma maçã, usando as mãos, mas sem balizas, é citado por Homero na Odisseia. Também os Romanos, segundo Cláudio Galero (130-200 d.C.), conheciam um jogo praticado com as mãos, o “Hasparton”. Inicialmente, o handebol era jogado em campo aberto, e foi na Alemanha que o esporte chegou ao formato que se conhece hoje.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu em 1934 que a versão do handebol de campo seria incluída nos Jogos Olímpicos Berlim 1936. Seis dos 26 países então filiados participaram do evento, e a Alemanha venceu a Áustria na final por 10 a 6, diante de 100 mil pessoas. Dois anos mais tarde, também na Alemanha, foi disputado o primeiro campeonato mundial, tanto no campo (oito participantes) como no salão (apenas quatro concorrentes). O handebol voltou aos Jogos Olímpicos em Helsinque 1952 como esporte de demonstração, mas se estabeleceu de forma definitiva no programa olímpico, e na versão indoor, em Munique 1972.

Em Alagoas o Madalena Sofia é , tradicionalmente, uma das forças de maior expressão na modalidade. Introduzido no colégio em 1984, o handebol desde então vem crescendo significativamente e conquistou diversos títulos regionais e nacionais , como Jogos Escolares Brasileiros, Olimpíadas Escolares ,Campeonato Escolar de Handebol, Taça Campina Grande de Handebol e Copa João Pessoa. Os professores responsáveis pelo Handebol no Madalena Sofia são Danilo Chagas,ex-aluno do colégio, e Maria Cícera.

Ginástica Artística

MÃE GREGA, PAI ALEMÃO

Há registros de práticas de acrobacias semelhantes aos movimentos da ginástica no Egito Antigo, mas a maior parte dos relatos considera a Grécia Antiga como o berço do esporte. Os gregos praticavam exercícios para manter o corpo em forma, como recurso preparatório para a prática de outros esportes e também para o aperfeiçoamento físico dos militares. Após a sua popularidade na Grécia, a ginástica voltou à cena na Europa no período do Renascimento, entre os séculos XIV e XVI.

O boom do esporte ocorreu séculos mais tarde pelas mãos de Friedrich Ludwig Christoph Jahn, considerado o “pai da ginástica”. Em 1811, o alemão criou a primeira escola para a prática do esporte ao ar livre. Seu objetivo era preparar fisicamente a juventude alemã para o enfrentamento do exército de Napoleão Bonaparte. O ideal contagiou outros países europeus.

Passada a guerra, a prática da ginástica foi considerada perigosa por seu teor revolucionário e Jahn foi perseguido e preso. Foram duas décadas de perseguição. Neste período, muitos ginastas alemães disseminaram o esporte em outros países. O Brasil foi um dos contemplados. Foram mais de duas décadas de proibição. Em 1881, foi fundada a Federação Europeia de Ginástica (FEG).

A ginástica faz parte dos Jogos Olímpicos desde a sua primeira edição da Era Moderna, em Atenas 1896, quando cinco países disputaram títulos individuais. Em Amsterdã 1928, as mulheres competiram pela primeira vez, mas o programa feminino só foi desenvolvido em Helsinque 1952, com sete eventos. Nesse tempo, era chamada de Ginástica Olímpica. Depois, com a inserção da Rítmica (Los Angeles 1984) e do Trampolim (Sidney 2000) nos Jogos, passou a ser chamada de Ginástica Artística.

Hoje pode ser considerada a mais popular entre as sete modalidades da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), já que é bastante conhecida pelos bons resultados conquistados pelos brasileiros.

Depois de referências como Cláudia Magalhães e João Luiz Ribeiro, primeiros brasileiros a participarem de uma edição dos Jogos Olímpicos, em Moscou 1980, outros grandes nomes podem ser lembrados; Luisa Parente, que ganhou os Jogos Pan-americanos Havana1991 e participou dos Jogos Olímpicos Seul 1988 e Barcelona1992, entre tantos outros ginastas importantes; Daiane dos Santos foi a primeira ginasta do Brasil a conseguir uma medalha de ouro em campeonatos mundiais; os irmãos Diego e Daniele Hypolito, ícones da modalidade no país. No Madalena Sofia a Ginástica Artística é dirigida pela Professora Adélia Maria, ex-aluna do colégio, e tem sempre participado com brilhantismo de competições estaduais e interestaduais.

Basquete

DOS ESTADOS UNIDOS PARA O MUNDO

Um dos esportes mais populares do mundo, o basquete tem pai, local e ano de nascimento. Em 1891, os Estados Unidos passavam por um inverno rigoroso. Praticar atletismo, futebol ou rúgbi tornou-se impossível para os alunos da escola da Associação Cristã de Moços de Springfield, no estado de Massachussets. Foi aí que a direção do colégio pediu a um de seus professores que desenvolvesse um esporte para ser praticado em lugares fechados. A missão coube ao canadense James Naismith, de 30 anos, que se inspirou na mania dos alunos e dos funcionários da escola de sempre atirar objetos à distância nos cestos de lixo. Ele usou cestas de pêssego para criar o esporte.

Basquete no Brasil

A primeira equipe de basquete no Brasil foi formada por Augusto Shaw no Colégio Mackenzie (SP), em 1896.

Em 1922 foi convocada pela primeira vez a seleção brasileira, na comemoração do Centenário do Brasil nos Jogos Latino-Americanos, um torneio continental, em dois turnos, entre as seleções de Brasil, Argentina e Uruguai. O Brasil sagrou-se campeão, sob a direção de Fred Brown. Em 1930, com a participação do Brasil, foi realizado o primeiro Campeonato Sul-Americano de Basquete, em Montevidéu, no Uruguai.

Em 1933 houve uma cisão no esporte nacional, quando os clubes que adotaram o profissionalismo do futebol criaram entidades especializadas dos vários esportes. Nasceu assim a Federação Brasileira de Basketball, fundada a 25 de dezembro de 1933, no Rio de Janeiro. Em assembleia aprovada no dia 26 de dezembro de 1941, passou ao nome atual, Confederação Brasileira de Basketball.

Basquete no Madalena Sofia

O Colégio Santa Madalena Sofia formou sua primeira equipe de basquetebol em 1982 e desde então tem obtido excelentes resultados, tanto no masculino como no feminino, tendo representado Alagoas em várias edições das Olimpíadas Escolares Nacionais. Atualmente o basquete feminino é comandado pelo Professor Pablo Aranda, ex-aluno do colégio; e no masculino pelo Prof. Antônio Araújo.